Cultura do Município

Como desdobramento de seu processo histórico há, como já foi dito, em Tabuleiro diversos festejos que se relacionam com a religiosidade da população.


A festa do Bom Jesus da Cana Verde ocorre todos os anos entre os dias 7 e 14 de setembro e durante esses dias a cidade envolve-se completamente com os festejos. São montados barracas com diversos tipos de artesanatos e ocorrem procissões e missas em homenagem ao padroeiro.


Na comunidade da Igrejinha, ocorre a festa da Nossa Senhora do Rosário e na comunidado do Botafogo ocorre a festa da padroeiraSanta Rita de Cássia.


Ocorre também o Festival de Inverno nos últimos dias de Julho na Praça Coronel João Floriano onde tem shows e barracas de artesanatos e bebidas.

Importante ressaltar que o município possui uma biblioteca com um considerável acervo e um centro musical Delounay F. da Rocha.

CORPORAÇÕES MUSICAIS

Banda Sociedade Musical Santa Terezinha: com sede na Igrejinha do Acácio, distrito rural de Tabuleiro, fundada em 1º de Outubro de 1936 pelo cidadão Antônio Gomes Máximo, sociedade cível, sem fins lucrativos e admiradores da arte musical. O objetivo da Sociedade Musical Santa Terezinha é cultivar a arte musical mantendo a banda de música promovendo atividades sociais, culturais, recreativas e educativas.


Corporação Musical Santa Cecília: fundada no dia 03 de fevereiro de 1870 pelo professor Antônio Carlos Azeredo, que dedicou parte de sua vida a esta entidade. A banda recebeu este nome (Corporação Musical Santa Cecília) por ser Santa Cecília a protetora da música. No ano de 1891, ingressou na banda como músico, Delonay Fautino da Rocha, nascido em 1881 estando na época com 10 anos. Aos 17 anos, Delonay colocava acima de seus interesses, de seu descanso, de sua comodidade o dever que julgava ser a razão de seu viver, difundir e ensinar sempre. Sobre a regência do mestre Delonay vários músicos se destacaram, estando hoje em grandes entidades musicais, civis e militares. Apesar de ter sofrido uma existência de enormes lutas e pela sobrevivência de sua Corporação Musical Santa Cecília o Mestre Delonay mantinha a mesma disposição e a mesma vontade inquebrantável de sua distante Juventude. Em Julho de 1971, morreu o mestre Delonay, deixando assim a regência para Benito Ribeiro da Silva, um de seus músicos. O mestre Benito, apesar de ser um autodidata, tem feito muito pela a arte em nosso Município. A Corporação Musical Santa Cecília é formada de jovens e adultos de ambos os sexos, amantes da música.